BLOG

Como medir o desempenho dos seus colaboradores?

A melhor forma de identificar possíveis falhas no seu fluxo de trabalho é avaliando o desempenho do funcionário. Descubra porque ela é tão importante para os resultados da sua concessionária agrícola e aprenda a fazer uma avaliação.
Publicado em
Business,corporate,team,brainstorming,,planning,strategy,having,a,discussion,analysis

Os bons resultados de uma concessionária agrícola dependem de inúmeros fatores. Mas, um dos principais é, sem sombra de dúvida, os colaboradores. Afinal, a boa performance e o desenvolvimento da equipe é fundamental para garantir um bom fluxo de processos e um bom atendimento aos clientes.

Mas, como é possível relacionar a situação da empresa com a performance dos colaboradores? A resposta é: avaliando o desempenho do funcionário. Essa é a melhor maneira do gestor saber exatamente o que está acontecendo na equipe, quais pontos precisam ser melhorados e o que precisa ser feito para que a empresa continue tendo bons resultados.

O que é?

A avaliação de desempenho é uma ferramenta de Recursos Humanos, usada para gestão de pessoas. Com ela, é possível medir a performance dos colaboradores, para que o gestor tenha uma visão estratégica da concessionária agrícola, já que ela coloca em evidência os pontos fortes e fracos.

Quem está avaliando o desempenho do funcionário precisa saber que não se deve levar em consideração apenas os aspectos profissionais. O comportamento também é um fator chave dentro dessa avaliação. Somente dessa forma é possível verificar a efetividade no trabalho, identificar talentos, checar a produtividade dos colaboradores e avaliar o clima organizacional.

Vale lembrar que as avaliações de desempenho podem ser feitas periodicamente ou de acordo com as necessidades da empresa. E que, a partir delas, o gestor pode traçar planos para as necessidades dos funcionários, de forma individual. Sendo assim, uma avaliação de desempenho pode acarretar em treinamentos, bonificações, promoções e até desligamentos.

Qual é a importância de avaliar corretamente o desempenho dos funcionários?

Uma falha só pode ser corrigida, quando sabemos da sua existência, certo? O mesmo serve para uma equipe em uma concessionária agrícola. Os resultados de uma empresa dependem da boa atuação dos colaboradores. Já que, se a atuação deles não estiver boa, os resultados da concessionária agrícola provavelmente também não estarão.

Sendo assim, a melhor forma de encontrar possíveis falhas no seu time é avaliando o desempenho do funcionário. Os resultados oferecem um panorama completo para o gestor, mas vão muito além disso. A avaliação de desempenho também ajuda a garantir que a cultura organizacional da empresa seja seguida, contribuindo para a satisfação da equipe, bom convívio entre os colaboradores e para o desenvolvimento pessoal e profissional de cada um.

Como entregar o feedback para os colaboradores?

O feedback é uma das partes mais importantes para quem está avaliando o desempenho do funcionário. Afinal, uma avaliação só é realmente efetiva quando o profissional recebe um feedback. Até porque, não adianta o gestor saber quais pontos precisam ser melhorados no profissional, se eles não são passados para o colaborador.

Mas o que muitos gestores se perguntam nesse momento é: qual é a melhor forma de passar um feedback? Na hora de comunicar o profissional e transmitir as percepções obtidas com a avaliação, é fundamental mostrar quais foram os critérios utilizados. Nesse momento, também é essencial mencionar tanto os pontos negativos, quanto os positivos.

Essa é uma excelente forma de promover reflexão, mudanças de atitudes e o desenvolvimento do funcionário, que é o grande objetivo aqui. Ou seja, a avaliação de desempenho, juntamente com o feedback, são fundamentais para ajudar o colaborador a se aprimorar.

Com relação à frequência, também é importante encontrar um equilíbrio. Já que, quando feita esporadicamente, a avaliação de desempenho pode não surtir os efeitos necessários. E, quando recorrente, também pode render resultados negativos. Sendo assim, o melhor é adequar a frequência conforme a realidade da concessionária agrícola e do setor em questão.

Como fazer?

Para realizar uma avaliação de desempenho, é importante que o gestor tenha alguns cuidados prévios. São eles:

  • Estipular metas claras;
  • Compreender os diferentes perfis;
  • Observar os comportamentos.
  • Vamos nos aprofundar em cada um desses tópicos a seguir.

Metas

Uma das primeiras coisas que um gestor que está avaliando o desempenho do funcionário precisa fazer é estipular metas claras, objetivas e baseadas na realidade. Quando uma avaliação tem como base objetivos que não são palpáveis, o resultado certamente será comprometido. Por essa razão, também é importante que elas sejam criadas em conjunto com o RH e adequadas quando necessário. Dessa forma, ao longo do tempo, é possível acompanhar a evolução de cada profissional.

Perfis

Cada pessoa é única. Isso significa que, cada um dos colaboradores da sua concessionária agrícola tem características e aptidões diferentes. Isso também deve ser considerado na hora de traçar as metas da avaliação e, principalmente, quando você estiver avaliando o desempenho do funcionário.

Os tipos de perfis podem variar bastante. Alguns exemplos, são:

  • Planejador;
  • Comunicador;
  • Executor;
  • Procrastinador;
  • Competitivo.

E se você está pensando que isso pode prejudicar sua concessionária agrícola, não precisa se preocupar. Ter pessoas com diferentes perfis pode ser muito bom para a produtividade da empresa. Basta que o gestor saiba lidar com cada um deles, para conseguir obter resultados satisfatórios.

Comportamento

Como dissemos anteriormente, o comportamento deve ser um dos principais focos da avaliação de desempenho. O comportamento do funcionário, inclusive, deve ser observado com base nos valores e na cultura da empresa. Isso é fundamental para garantir um clima organizacional mais agradável e produtivo.

Tipos de avaliação de desempenho

Agora que você já sabe o que é e qual é a importância da avaliação de desempenho em uma concessionária agrícola, está na hora de falar sobre os diferentes tipos que existem. Separamos quatro diferentes formas de avaliação e, cabe ao gestor, definir qual se encaixa melhor na sua equipe.

Avaliação por competências

A Avaliação por competências oferece uma visão completa do quadro do profissional, já que ela é voltada a aspectos técnicos e comportamentais. Mas, para isso, primeiro é preciso definir quais competências você deseja avaliar em cada vendedor. Isso pode variar de acordo com o segmento de atuação e também pode ser adaptado conforme as necessidades da concessionária agrícola.

Vale lembrar que a avaliação normalmente é feita por notas de 0 a 5 ou por conceitos (péssimo, regular, bom, etc). Dessa forma, é possível verificar quais são as competências dominadas e quais precisam de algum tipo de correção.

Avaliação por resultados

Como o nome sugere, a Avaliação por resultados mede a performance do profissional e é totalmente voltada para a ação do funcionário. Com ela, o gestor consegue avaliar se a atuação profissional do colaborador está de acordo com os processos definidos pela empresa. Além disso, ele também fica sabendo se todas as entregas estão sendo feitas ou se há algo pendente.

Por esse motivo, é importante que ela seja feita com uma certa frequência. Já que, dessa forma, os dados estarão sempre atualizados. Sem falar que isso também ajuda a encontrar soluções mais rápidas e eficientes.

Assim como a avaliação acima, ela também pode utilizar notas de 0 a 5 ou conceitos, como bom, regular e péssimo.

Avaliação 360º

Essa avaliação é talvez a mais completa. Afinal, ela considera todos os aspectos relacionados à atuação do vendedor dentro da empresa. Ela funciona, inclusive, como um sistema de feedback, feito de forma completa e abrangente.

Nela, o gestor coleta dados e colhe informações da atuação do profissional com várias pessoas. Isso inclui colegas de trabalho, clientes e supervisores. Somente a partir de todas essas informações é que a avaliação do colaborador é feita.

Vale lembrar que a Avaliação 360º é considerada como uma das mais completas, pois ela leva em consideração as soft skills não tangíveis. Sem falar que ainda ajuda a compreender aspectos comportamentais e oferece a visão de outras pessoas sobre o avaliado.

Autoavaliação

Por fim, a autoavaliação permite que o gestor saiba qual é a percepção do vendedor sobre o próprio trabalho. Essa avaliação é extremamente útil, já que faz com que o colaborador precise olhar no espelho e dizer o que realmente pensa sobre a sua atuação.

Para isso, é necessário preparar um questionário com alguns dos pontos mais relevantes sobre a atuação do profissional. Mas é claro que, para que o resultado seja satisfatório, é fundamental que o funcionário responda as perguntas de maneira sincera e sem exageros.

Essas são as nossas dicas de avaliações de desempenho para a sua concessionária agrícola. Se você se interessou por elas e precisa de ajuda para formular ou reformular o processo de avaliação da sua empresa, baixe agora o nosso Ebook de “Avaliação da equipe de vendas”.

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
Dicas
Comunicar os resultados das pesquisas de satisfação do cliente de forma eficaz aos funcionários é crucial para melhorar o desempenho e envolver a equipe. Aprenda as melhores práticas e estratégias de comunicação interna para usar os feedbacks e impulsionar a satisfação do cliente.
Atualizações do CRM
Confira as últimas melhorias e correções do CRM Campos Dealer entre janeiro e maio de 2024. Descubra como essas atualizações podem otimizar sua Concessionária Agrícola.
Mercado
Calendário anual de feiras e eventos agrícolas em 2024.
Informativos
Continuamos a trabalhar para aprimorar cada vez mais a nossa plataforma, confira agora as novidades mais recentes.

Ao utilizar este site você aceita o uso de cookies para otimizar sua experiência de navegação. Política de Privacidade